Steel Frame

O sistema de construção steel frame é constituído por estruturas com perfis de aço galvanizado. Logo depois da fundação (única parte que, obrigatoriamente, utiliza concreto), o material é trabalhado até ficar com o formato desejado no projeto. Assim, a parte estrutural é montada. Placas ou painéis de fechamento são aplicados nas laterais, formando o acabamento. Em relação ao telhado, podem ser empregadas telhas de cerâmica, lajes de aço galvanizado com revestimento de madeira ou pré-moldadas de concreto.

 

A versatilidade da construção é muito grande, uma vez que o steel frame pode ser aplicado em qualquer tipo de edificação. Dentre as vantagens proporcionadas pelo sistema, podemos destacar: maior durabilidade, ganho de tempo, ótimo custo-benefício, facilidade em realizar ampliações, manutenções e reformas, sustentabilidade, isolamento acústico e isolamento térmico.

Etapas

Fundações

O sistema steel frame é muito leve e não requer grandes estruturas para sustentar a construção. As cargas são distribuídas em toda a sustentação, dispensando grandes fundações. Nesse sentido, a mais utilizada é o radier, uma fundação rasa que tem o aspecto de uma laje de concreto, em contato direto com o chão, abrangendo toda a área da construção. A área dela é um pouco maior que a da estrutura que será projetada.

Paredes

O aço galvanizado é a matéria-prima empregada nas paredes. As peças são produzidas já cortadas sob medida (cortadas e pré-furadas). O conceito do sistema envolve dividir as cargas em um maior número de painéis, sendo que cada um receberá uma pequena parte. Dessa forma, é possível usar perfis leves. Para você ter ideia, a modulação dos perfis varia entre 40cm e 60cm.

Lajes/Entrepisos

No sistema steel frame, a construção a seco dá origem às lajes. O mesmo aço de toda a estrutura é usado para construir as vigas. Contudo a espessura é maior para dar mais sustentação ao projeto. Na parte superior da estrutura, é possível instalar painéis OSB (a partir de 18mm) ou wall (23mm ou 40mm). Misturar aços leves e pesados também é uma opção.

 

O responsável pela construção saberá apontar o melhor caminho para o seu objetivo. Mesmo nas situações em que a laje deva suportar muito peso (concessionárias, por exemplo), o sistema apresenta muita segurança. Na laje inferior (entrepiso), o steel frame garante a excelência nas instalações elétrica e hidrossanitárias e nos isolamentos termoacústicos.

Acabamentos

A instalação de portas e janelas não necessita de mão de obra ou produtos especiais (diferentemente das construções convencionais). O processo é simples, porque as esquadrias são dispostas diretamente na estrutura, podendo ser de madeira maciça, PVC, vidro temperado ou alumínio.

 

Diversidade e conceitos arquitetônicos podem ser pensados conforme o gosto do cliente, já que a versatilidade é grande no sistema steel frame. Que tal pisos parquet, laminados de madeira, cerâmicos, porcelanatos, carpetes, vinílicos, granitos e mármores? E paredes de tijolinhos aparentes, painéis de madeira, sidings vinílicos, cimentícios, de madeira ou revestimentos argamassados? A criatividade pode rolar solta!

Instalações

Mesmo que as instalações elétricas e hidráulicas sejam muito semelhantes às de alvenaria, várias vantagens podem ser observadas, tais como a praticidade e a rapidez na aplicação, além da facilidade de manutenção. O planejamento do sistema steel frame permite que os materiais sejam aplicados antes do fechamento das paredes, evitando a bagunça das obras tradicionais. Por conta do trabalho prévio, antes da confecção das peças, a passagem dos condutores e dos canos também é previamente estabelecida.

Forros

A aplicação dos forros no sistema steel frame pode ser feita da mesma forma que as construções tradicionais. Gesso, madeira, PVC e outros materiais podem ser empregados de acordo com a necessidade do cliente, permitindo o uso de forros falsos, inclinado, planos e vigas visíveis. Apesar de ainda não existir uma norma ABNT específica para o sistema, algumas normas fornecem importantes diretrizes para o procedimento, como a 15.217:2018.

Isolações

O isolamento térmico e acústico faz com que a construção steel frame proporcione condições perfeitas de conforto para quem usufrui dele. Além disso, a economia também é um ponto a ser considerado, já que a necessidade de ar-condicionado diminui. Dentre os materiais usados com essa finalidade, podemos citar lã de vidro, de rocha e de PET, poliestireno expandido, poliuretano e spray foam. Os itens evitam a perda e o ganho de calor dentro do ambiente e reduzem a transmissão de som.

Cobertura

A cobertura, ou telhado, também é constituída do mesmo aço leve empregado na construção. É comum que placas OSB sejam instaladas acima dele, contando com ventilação e com a parte inferior aluminizada para proporcionar maior conforto térmico. A estrutura combina beleza com proteção a qualquer intempérie do tempo.